Jump to content

Bem vindo à Unidev
Registre para ter acesso a todos os recursos do site. Uma vez registrado e logado, você poderá criar tópicos, postar em tópicos já existentes, gerenciar seu perfil e muito mais. Se você já tem uma conta, faça login aqui - ou então crie aqui uma conta agora mesmo!
Photo

Blender - Por que é tão difícil se adaptar (ou aprender).


  • Please log in to reply
6 replies to this topic

#1
Vinnicius

Vinnicius

    Membro

  • Membro
  • PipPip
  • 111 posts
  • LocationBrasil

Boa tarde, pessoal.

 

Não encontrei no Forum algum tópico que falasse especificamente sobre o que tenho pensado.

 

Eu não sou tão proficiente no uso de ferramentas para modelagem tridimensional, mas eu consigo criar cenários muito bem detalhados - em escala, com texturas bem feitas, usando-se de técnicas suficientes de kit modulares ("snap" Hein! ;) ) e etc. Já fiz vários cenários para jogos que amigos meus desenvolveram, e costumo sempre "brincar" criando cenários bem bonitos e com texturas (que eu tiro fotos do mundo real) bem feitas e com cores balanceadas para, de repente, chamar a atenção de alguém que queira contratar meus serviços. Desde Duke Nukem 3D eu me aventuro nesse mundo maravilhoso e dramático da criação de cenários.

 

Bom, vamos ao que interessa. Todo mundo sabe que 3ds Max é caríssimo, apesar de existirem versões para estudantes e etc. Eu sou muito familiarizado com 3d Studio Max. Pra mim tudo foi muito fácil desde o início. Desde o primeiro contato, toda a interface já fazia sentido pra mim, não senti dificuldade para entender o "jeito" de usar o software.

 

Com o passar do tempo, tenho buscado alternativas poderosas. Todo mundo fala sobre Blender. O mundo independente tende a usar bastante o software.

 

Então, continuando o raciocínio do parágrafo anterior, com o BLENDER, o meu primeiro contato com o programa foi pavoroso. Eu não conseguia fazer nada. É claro que o brasileiro costuma não ler antes de usar pela primeira vez um aspirador de pó. Mas parece-me que a forma de se trabalhar com Blender é muito mais difícil - ou distinta.

 

A minha sensação é que com 3D Studio Max nós "seguramos" o modelo nas mãos. Parece algo tátil. Já com Blender sinto que estou modelando usando ferramentas frouxas e com parafusos soltando na mão. (minha percepção inicial de agora que estou começando).

 

Gostaria de saber que dicas vocês, que já conseguem fazer coisas incríveis no Blender, podem nos dar para que possamos compreender e pegar (eureka!) o "jeito de trabalhar" com ele.

 

Vocês indicam ter paciência e assistir aos tutoriais básicos, sites específicos, boas práticas e etc.

 

Agradeceria muito se vocês pudessem me dar um norte para eu seguir um caminho com menos espinhos. Mas sei que a escalada é longa.

 

Obrigado.

 

 

 

 

 


Santa Maria, RS - Brasil

----------------------------------------------------------------------------

Desenvolvedor Independente.

Unity3D (estudando), 3D Game Studio (estudando porque acredito que é muito bom ainda hoje), Blitz3D, Dark Basic Professional e Adventure Game Studio.

 

Jogos:

Perdidos no Tempo 1, 2 e 3 (Rpg Maker)

Guerreiro da Luz (Rpg Maker)

As Aventuras de Adelso (Rpg Maker)

Jogo em Desenvolvimento - "The Last Hope" em Primeira Pessoa (Blitz3D)

Possível migração do projeto para 3D Game Studio ou Unity3d (fins comerciais).


#2
Lucas B. Luna

Lucas B. Luna

    Membro

  • Membro
  • PipPip
  • 226 posts

Parceiro, eu sinceramente não sou nenhum profissional de modelagem 3D. Eu já tentei usar o Blender, mas a arquitetura monolítica dele não faz muito o meu gosto para os meus propósitos. Eu decidi que alguma hora eu iria simplesmente criar minhas próprias ferramentas para lidar com tipos específicos de geometria 3D. Mas como eu nunca tinha feito modelagem 3D antes, eu decidi que primeiro iria aprender a usar uma ferramenta mais minimalista para conhecer os problemas que uma pessoa tem quando tenta modelar algo (para que eu pudesse resolver tais problemas da melhor maneira nos meus casos. Por exemplo, eu queria saber que partes do processo de produção de um determinado tipo de modelo deveriam acontecer durante sessões interativas em tempo real, como deveria ser a natureza dessas tais sessões, e quais partes seriam mais adequadamente delegadas à automação). Aí eu baixei o Wings 3D e um manual (desatualizado). O manual tem 131 páginas, mas eu parei na 53 (por preguiça). Mesmo assim, deu para aprender muita coisa. O manual também cobria o conhecimento teórico base necessário para se utilizar a técnica de modelagem aderida pelo software (subdivision modeling -- boa para modelos orgânicos) e, de certa forma, modelagem 3D prática em geral.

 

Então amigo, com o conhecimento e experiência que você tem, eu sugiro que você tão somente leia o manual do Blender para conhecer todos os recursos dele e assim provavelmente você vai poder se virar muito bem a partir daí. Claro, simplesmente conhecer um software de modelagem não faz de você um incrível artista, para isso você precisa de mais conhecimento "de fora". Mas, como eu disse, pela sua experiência eu acho que você pode se virar bem. Tente também ver vídeos de gente modelando na internet para ver como eles usam a interface do programa para fazer cada coisa. Até aqueles vídeos de speed modeling eu acho que poderiam ajudar, se a velocidade não for muito absurda (ou seja, se quem estiver modelando não for o Sonic).


"Programação orientada a objetos é uma ideia excepcionalmente ruim e que só poderia ter se originado na Califórnia."
Dijkstra

tux.gif
slack.jpg

#3
Zaraki

Zaraki

    Membro

  • Membro
  • PipPip
  • 263 posts
  • LocationBrasil

É que você começou com 3D Studio Max e para começa em outra ferramenta, demora dando o sentimento de estar perdendo tempo. Minha dica é continue com 3D Studio Max, é caro? Usa o jeitinho se é que me entende, mas caso queira vir mesmo para o Blender vai ter que começar engatinhando, 

Recomendo para começar o 
http://blenderpower.com.br/

Mais precisamente o Guia para o Iniciante 
http://blenderpower....uiadoiniciante/

 

Boa sorte


  • Lucas B. Luna likes this

churrasqueira-controlada-por-controle-re
"Não para nós, Senhor, não para nós, mas para Glória de Teu Nome"
(Salmo de David e Lema dos Templários)


#4
Vinnicius

Vinnicius

    Membro

  • Membro
  • PipPip
  • 111 posts
  • LocationBrasil

Muito obrigado pelas dicas. Eu tenho a tendência a ter preguiça, mas quando preciso aprender algo que eu gosto muito eu consigo ir passo a passo. Assim como eu fiz para aprender Java (classes, classes abstratas, interfaces, encapsulamento, polimorfismo, buscas, arquivos, serialização de arquivos, arquivos de acesso aleatório e a definição do tamanho das informações ou objetos considerando o tipo das variáveis... Enfim, através de um livro com qual fiz e refiz do meu jeito todos os exercícios).

 

Não sei se a usabilidade dele é boa at all, mas o visual dele é super "engenhoso" e isso me atraiu bastante depois de um tempo. Vamos ver como eu me encontro com ele. De repente eu posso decidir usá-lo com mais frequência se eu não puder utilizar o 3ds Max.

 

Eu adoro o 3ds Max, mas sei que é muito importante conhecer e experimentar outros programas. Quero experimentar o Maya, também.

 

Se quiserem eu posso trazer imagens das minhas evoluções, se couber no assunto desse tópico.

 

Muito obrigado.


  • Zaraki likes this

Santa Maria, RS - Brasil

----------------------------------------------------------------------------

Desenvolvedor Independente.

Unity3D (estudando), 3D Game Studio (estudando porque acredito que é muito bom ainda hoje), Blitz3D, Dark Basic Professional e Adventure Game Studio.

 

Jogos:

Perdidos no Tempo 1, 2 e 3 (Rpg Maker)

Guerreiro da Luz (Rpg Maker)

As Aventuras de Adelso (Rpg Maker)

Jogo em Desenvolvimento - "The Last Hope" em Primeira Pessoa (Blitz3D)

Possível migração do projeto para 3D Game Studio ou Unity3d (fins comerciais).


#5
Lucas B. Luna

Lucas B. Luna

    Membro

  • Membro
  • PipPip
  • 226 posts

Eu adoro o 3ds Max, mas sei que é muito importante conhecer e experimentar outros programas. Quero experimentar o Maya, também.

Rapaz, na minha opinião, o que é importante mesmo é ter os arquivos desejados prontos no menor tempo possível. :lol:
 

Se quiserem eu posso trazer imagens das minhas evoluções, se couber no assunto desse tópico.

Bom, claro, vamos ver! :D


  • Zaraki likes this

"Programação orientada a objetos é uma ideia excepcionalmente ruim e que só poderia ter se originado na Califórnia."
Dijkstra

tux.gif
slack.jpg

#6
Stauricus

Stauricus

    Moderador

  • Moderador
  • 576 posts

cara, acho que de todos os softwares livres que vc pode usar pra fazer jogos, o Blender é um dos pouquíssimos que se equipara aos softwares proprietários. ele é extremamente estável, e com uma quantidade absurda de recursos.

 

agora, a facilidade realmente é questão de costume. tb penei um pouco com Blender, mas hj eu já fico incomodado no 3dMax e afins.

 

diferentemente de tutoriais de programação, pra modelagem 3D eu recomendo muito os tutoriais em vídeo. na época que eu não tinha muita prática, gostava dos tutoriais desse cara (na época, pro Blender 2.4x): https://www.youtube....user/super3boy/

 

mas vc acha muitos outros por aí.



#7
ade10x100

ade10x100

    Membro

  • Membro
  • PipPip
  • 166 posts
  • LocationCuritiba - PR

Outro curso free de Blender, na Udemy. Veja https://www.udemy.co...o-ao-blender3d/


A.Rodrigo




0 user(s) are reading this topic

0 members, 0 guests, 0 anonymous users